PRF em busca de doador de medula para salvar filho

Uma mensagem que circula nas redes sociais chamou a atenção do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado de Pernambuco (SINPRF – PE). No texto, o colega Luiz Filho, de Petrolina, no Sertão pernambucano, fala sobre o maior desafio da sua vida. Seu filho foi diagnosticado com leucemia e agora precisa de um doador de medula óssea. Para ampliar as chances de salvar a criança, o SINPRF – PE começa hoje, uma campanha de divulgação em busca de doadores. O momento agora é de união e solidariedade.

Segundo o presidente do SINPRF – PE, Edjaílson Tavares, neste momento, pai e filho estão em São Paulo, no Hospital São Camilo da Pompéia. Confira o texto na íntegra e faça a sua doação ou colabore compartilhando nas suas redes sociais.

“Meus amigos,

Nos últimos quatro anos, estamos numa batalha grande pela vida do meu filho Eduardo que foi diagnosticado com leucemia em 2015. Em abril desse ano, terminou seu tratamento e, desde então, fazíamos as consultas de rotina pra controle pois a doença foi diagnosticada como indetectável no seu organismo.

Infelizmente, na última sexta-feira, dia 08, através de um hemograma foi constatado a recaída da doença. Estamos em São Paulo pra um novo tratamento e agora como alternativa o transplante de medula óssea. Ainda não temos doador compatível e pedimos a Deus que seja encontrado.

Aos amigos, pedimos que se dirijam ao hemocentro mais próximo e faça seu cadastro como doador na esperança de haver compatibilidade. Pode ser doador que possui entre 18 e 52 anos de idade. Mais do que isso, precisamos das orações de todos. Que Deus nos ajude!

Estamos no Hospital São Camilo da Pompéia SP. Quem já é doador e mudou de endereço ou telefone é preciso atualizar o cadastro:
http://redome.inca.gov.br/doador-atualize-seu-cadastro/”

Deixe uma resposta