Dinâmica de trabalho une profissionais de diferentes trajetórias na PRF

Uma foto que resume bem a estrutura da carreira na Polícia Rodoviária Federal: um já foi Presidente da Federação Nacional e o outro, atuou como Superintendente de PE. Pedro Cavalcanti e Alexandre Rodrigues da Silva são exemplos de que a dinâmica das atividades dentro da corporação é versátil e diversificada, permitindo que o profissional, ao longo dos anos, tenha a oportunidade de assumir diversas funções e trabalhar em atividades distintas.

Eles podem atuar na fiscalização, policiamento ostensivo, canil, na base aérea e demais serviços operacionais. Como podem atuar no planejamento, coordenação, capacitação, e controle administrativo e operacional. Tal dinamismo representa um enriquecimento pessoal e profissional muito grande, fazendo com que o PRF esteja sempre estudando, se aperfeiçoando e capacitando para cada novo desafio.

“Além disso, é preciso ter a consciência de que uma hora podemos estar liderando a equipe, e em outro momento estaremos sendo liderados. Não somos melhores do que ninguém, somos todos Policiais Rodoviários Federais”, explica o presidente em Exercício do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais em Pernambuco ( SINPRF – PE), Renato Brito.

Deixe uma resposta