whatsapp telegram (81) 93300-0407

Notícias

icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


Audiência Pública reúne profissionais de segurança para tratar da Reforma

06/05/2019



“Possivelmente, os policiais não mais se aposentarão e não haverá uma renovação nos quadros. Um profissional com 50 anos de idade não tem como brigar com um criminoso de 18 a 20 anos, que é a idade média. Imagine com 60, 70 ou até 75 anos?”, questionou o presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Estado de Pernambuco (SINPRF – PE), Edjailson Tavares.

As palavras foram proferidas na audiência pública que aconteceu pela manhã na Assembleia Legislativa de Pernambuco ( Alepe). Segundo ele, o profissional pode perder até 60% do salário caso opte por se aposentar antes da idade-limite prevista no texto. Para Edjailson, a união é a palavra da vez na luta contra a Reforma da Previdência.

Bastante prestigiada, a audiência contou com a presença de lideranças da segurança pública e parlamentares estaduais e federais. Uma caravana de PRFs vinda de Caruaru foi a primeira a chegar ao auditório Sérgio Guerra, local do evento. A abertura foi realizada pelo diretor do SINPRF – PE, Tiago Arruda, que explanou detalhes sobre a reforma.

O presidente da Federação Nacional da PRF (FenaPRF), Deolindo Carniel, veio a Recife especialmente para participar da audiência, assim como o Deputado Federal gaúcho, o PF Ubiratan Sanderson.

Também estiveram presentes os deputados federais pernambucanos Danilo Cabral e Tadeu Alencar, o presidente da Ordem dos Policiais do Brasil (OPB), Frederico França, o representante da Polícia Federal, Manoel Caetano E ainda os deputados estaduais Romero Sales Filho, Joel da Harpa e o ex – deputado e PRF Eduíno Brito e o vereador de Olinda, Jorge Federal.

O evento é um iniciativa da União dos Policiais do Brasil (UPB), cuja coordenação regional é do presidente do SINPRF – PE e foi realizada em parceria com a Comissão de Administração Pública e o deputado estadual Antônio Morais.

Voltar